Website under construction

Soon online

×

Notícias

As últimas notícias



Bissau volta na mapa... As companhias protugueses TAP Portugal e Euro Atlantic Airways ofrecem 2 vôos por semana a  Bissau. Também ha conneções com Marrocos e Dakar (Senegal).x

A viagem de Eva!

15/06/18

Eva Vantulden vai viajar de bicicleta para financiar um projeto de educação.

Para satisfazer a necessidade de professores e enfermeiros licenciados, a Eva vai viajar de bicicleta durante 6 meses. A viagem começa no mes de maio 2018.

No mês de maio Eva partiu. Podem segui-la no site 60-65.net.

A Guiné Bissau ingovernável?

23/01/17

Depois de muitos meses sem governo legal, a situação parece aclarar-se...

Depois das últmas eleições havia uma discordância total nos partidos e no conselho de ministros, de maneira que governar era uma tarefa impossível.

A situação era intolerável, porque todas as instâncias internacionais mantiveram-se a uma distância segura. O país dilapidava-se mais e mais.

O presidente nomeou um novo primeiro ministro e ele - por fim - formou um governo. Podemos crer num sucesso? O novo governo vai sobreviver até às próximas eleições em 2019?

A formação profissional adaptada.

23/01/17

Esta estação começámos uma ala de técnicas avançadas.

O grupo de "diplomados" da formação anterior não estava motivado para continuar.

Decidimos prosseguir com o único aluno - muito - motivado e um alfaiate local interessado nas técnicas mais avançadas de costura.

Em menos de quatro semanas elaborámos um programa intensivo, no qual diferentes modelos de bolsos, técnicas de fechamento e a técnica das mangas compridas de camisa com punho.

asa Koia inabitável!

19/01/17

Uma tempestade efligiu a região e várias casas foram destruidas ou danificadas.

Durante a estação chuvosa uma tempestade grave afligiu as ilhas.

Muitas casas construidas de maneira tradicional foram apagadas. As construções mais sólidas, das quais o nosso internato, foram danificadas.

Um vento turbilhão levantou o telhado, as extremidades das paredes curavam e o telhado caiu novamente nas paredes. Resultado: muitas fendas nas paredes, por onde a água da chuva entra.

O internato está perigoso para os meninos e os outros habitantes. Pudemos hospeder as crianças com famílias na vizinhança. E óbvio que continuamos a pagar a escola, as amenidades e a assistência médica.

Kasa Koia está vazia neste momento. Procuramos por uma solução.

Projeto do posto de enfermeiros na ilha de Soga

09/03/15

O posto funciona bem!

O posto funciona bem. Ainda que os nossos amigos franceses não tivessem a oportunidade de viajar a Bubaque para entregar medicamentos e emplastros, a enfermeira consegue fazer com que o posto funcione bem, porque os doentes pagam uma pequena cota. Esta contribuição permite a compra de novos medicamentos. A enfermeira é pagada pelo governo.